Chaves Para a Grande Fe Durante os Testes, Provações, e os Tempos Difíceis (Português)

(Escrito por Leo De Siqueira em inglês, em novembro 10, 2012
Traduzido ao português no 8 de abril, 2014, por Esteban Young)


Chaves Para a Grande Fe Durante os Testes, Provações, e os Tempos Difíceis
(Português)
(Escrito por Leo De Siqueira – REVOLUTION ERA)


ImageIsso é algo que quero compartilhar com vocês, não como teoria, mas como Epignosis: conhecimento íntimo, pessoal, experiencial. Deus tem falado comigo sobre essas coisas e me ajudou a começar a aplicá-los em minha vida diária. O que eu quero compartilhar com você vem direto do meu coração.

Todos nós enfrentamos circunstâncias difíceis e passamos por temporadas de grande dificuldade. Seja falta financeira, ou a enfermidade de um ente querido, ou perseguições, todos nós temos lidado com as dificuldades de uma forma ou de outra. Deus tem lançado alguma luz na minha vida, ao respeito do que podemos fazer para superar o seguinte:

Medo
Dúvida
Preocupação
Incredulidade

Estes são todos interligados, e muitas vezes criam um efeito dominó em nossos corações e mentes que pode enviar-nos a ficar em desespero. Deus não nos chamou para viver sob tais coisas, mas nos chamou para a liberdade deles.

Por favor, entenda que não estou falando como se eu tenho tudo resolvido. EU NÃO TENHO. Eu só estou compartilhando o que eu aprendi na minha viagem até agora.

O que eu gostaria de fazer é levá-lo através de algumas Escrituras, da mesma forma Ele me levou e compartilhar o que Ele destacou para mim. E eu acredito que o Espírito Santo vai levar você e guiá-lo em toda a verdade, e acrescentar a estas coisas também.

Deus me levou a duas contas nos Evangelhos onde os discípulos se encontravam em situações de risco de vida. O simbolismo é enorme: os terrores de um mar furioso, um barco afundando, um milagre, e as lições-chaves de nosso irmão, Jesus. Vamos começar.

ImageNaquele dia, quando já era tarde, disse-lhes: “Passemos para o outro lado.”E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia com ele também outros barcos. E se levantou grande tempestade de vento, e as ondas batiam dentro do barco, de modo que já se enchia. Ele, porém, estava na popa dormindo sobre a almofada; e despertaram-no, e lhe perguntaram: “Mestre, não se te dá que pereçamos?”

ImageE ele, levantando-se, repreendeu o vento, e disse ao mar: “Cala-te, aquieta-te”. E cessou o vento, e fez-se grande bonança. Então lhes perguntou: “Por que sois assim tímidos? Ainda não tendes fé?” Encheram-se de grande temor, e diziam uns aos outros: “Quem, porventura, é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4:35-41)

Havia uma razão legítima aqui para os discípulos estar com medo e desespero. Afogar tem que ser uma das piores maneiras de morrer. Sem Cristo, eles literalmente não tinham nenhuma esperança de vida. No entanto, o que Jesus demonstra aqui?

  1. Ele estava dormindo, o que significa que ele estava em repouso e em paz DURANTE este evento aterrorizante. Esta foi uma das chaves que Deus destacou para mim – Que podemos estar em paz e em repouso no meio da tempestade (cf. Mt. 11:25-30, Hb. 4:1-11).
  2. Sua esperança estava amarrado ao seu barco. Portanto, medida que o barco afundou, assim tambem afundou a sua esperança. Onde está a sua esperança durante seus provações? É a sua conta de poupança? O seu médico? Sua classificação de crédito? Seus pais? O seu empregador? Qualquer um destes podem te decepcionar. Por que Jesus estava em repouso? Porque a esperança dele não estava no barco, mas em Deus. Digo isso não porque soa bom, mas porque precisamos entender isso e viver por ela.Picture 18
  3. O medo leva à incredulidade. Vou expandir sobre isso mais tarde, mas o que Deus começou a destacar para mim é que podemos ficar com medo por causa do que nós vemos. E o medo é o vírus que infecta a nossa fé e faz com que ela se dissolver até que não temos mais nenhuma fé para a situação na qual estamos.
  4. Eu creio que Jesus estava modelando para os seus seguidores o que eles podem fazer também. Eu acredito que era possível para os discípulos mesmos acalmassem a tempestade. É possível que Jesus não repreendeu os discípulos por sua falta de fé nEle, mas por sua falta de para um milagre. Quase todas as outras contas que temos de Jesus repreendendo-os por falta de , foi por algo que eles foram capazes de fazer também. (Veja Mat 17:20, Mt 21:21; Mc 11:23; Lc 17:06; João 14:12-14; veja também Lucas 7:1-10 e Atos 3:06 para o que grande fé parece = compreendendo a nossa identidade e autoridade)

Estou aprendendo que se vemos além da circunstância de modo que não têmos medo nem fiquemos intimidados, e vivemos desde o local de nossa verdadeira identidade em Cristo, aumentamos exponencialmente as nossas chances de um milagre.

 

 
Agora vamos passar para a próxima passagem. Novamente vemos o mesmo simbolismo aqui: Os terrores de um mar enfurecido, um barco afundando, um milagre, e as lições-chaves de nosso irmão Jesus.

 

Logo em seguida, Jesus insistiu com os discípulos para que entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia a multidão.  Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele.Picture 19

 

 quarta vigília da noite, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: “É um fantasma!” E gritaram de medo.

 

Picture 20Jesus, porém, imediatamente lhes falou, dizendo: “Coragem! Tenham ânimo (θαρσέω tharseō – coragem, confiança)! Sou eu. Não tenham medo (φοβέω phobeō – pôr em fuga, medo, pavor)!”

“Senhor”, disse Pedro, “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”.

“Venha”, respondeu ele.

Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. Mas, olhando em torno, sentindo o vento forte, ficou apavorado (φοβέω phobeō) e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!”Picture 21Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé (ὀλιγόπιστος oligopistos – pequena fé), por que você duvidou (διστάζω distazō – duvidar, vacilar)?” Quando entraram no barco, o vento cessou. Então os que estavam no barco o adoraram, dizendo: “Verdadeiramente tu és o Filho de Deus”. (Mateus 14:22-33)

Os discípulos estavam de novo em perigo. E mais uma vez o seu problema era legítimo. No entanto, Deus nos chamou para viver para além do ponto de medo, mesmo em face de grandes provações e adversidades. Então, o que eu levo com isso?

  1. Jesus deu-lhes três chaves: i) Tenha coragem; ii) Foque sobre Ele; iii) Não tenha medo. Isto parece muito semelhante ao comando que Deus deu a Josué:

“Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar.” Josué 1:9 (NVI)

  1. Se as águas turbulentas são simbólicas da aflição e das provações, então que caminhar de Jesus sobre elas é simbólico do fato de que não só ele pode pisar sobre elas e superá-los, mas como Pedro demonstrou, nós também podemos.
  2. Â quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar.” – A quarta vigília é entre 3 e 6 horas da manhã, o que significa que eles já tinham estado no mar entre 6 a 12 horas. No entanto, foi no momento mais escuro da noite (antes do amanhecer) e, no último momento possível que Jesus veio. Um bom amigo meu me disse (com base em suas muitas experiências com avanço sobrenatural e provisão) de que Deus é o Deus da hora 23.  Eu certamente encontrei este para ser verdadeiro em muitos casos em minha vida. Eu não entendo o porquê. É frustrante, as vezes, para se pensar nisso. Mas, se mantivermos nossos olhos Nele e no Seu Reino em nosso itinerário Ele finalmente chegará e proverá.
  3. Eu realmente acredito que, se Pedro tiria sido preenchido com o Espírito Santo neste momento, em seguida, ele teria andado por todo o caminho sobre as aguas até a praia com Jesus. Por que Pedro afundou no tumulto e as dificuldades do mar, mais uma vez? Porque ele permitiu o que ele viu para provocasse medo. E Jesus destacou que esse medo causou Pedro ter pouca fé.

Então Deus me levou a algumas outras passagens para reiterar alguns dos mesmos pontos mencionados acima. Considere este exemplo: Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada.Peça-a, porém, com fé, não duvidando (διακρίνω diakrinō – lit., “para separar todo ou totalmente” (dia, “dividir em pedaços,” krino, “julgar,” do raiz kri–, que significa “separação”; estar em contradição consigo mesmo, hesitar, dúvidar); pois aquele que duvida é semelhante ã onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento.Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante (δίψυχος dipsychos  – tendo dois almas, oscilando, interesse dividido) que é, pois tem mente divididainstável em todos os seus caminhos. (Tiago 1:5-8)

Eu achei incrível que Tiago diria que duvidar é ser como “uma onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Ambas as histórias que lemos sobre Jesus acalmando a tempestade e Pedro andando sobre a água eram simbólicos no fato de que elas ocorreram em um mar turbulento. E agora vemos que os discípulos estavam em um estado de dúvida e incredulidade, pois foram literalmente sublevados e agitados pelos ventos e as ondas.

Picture 22Em seguida, Deus levou-me a Mateus 17:

“Quando chegaram onde estava a multidão, um homem aproximou-se de Jesus, ajoelhou-se diante dele e disse: “Senhor, tem misericórdia do meu filho, pois ele é epilético e sofre terrivelmente; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água. Eu o trouxe aos teus discípulos, mas eles não puderam curá-lo”.

Respondeu Jesus: “Ó geração incrédula (ἄπιστος apistos – anti-fé) e perversa (διαστρέφω diastrephō – retrocedida, apóstata, distorcida), até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino”. Jesus repreendeu o demônio; este saiu do menino que, daquele momento em diante, ficou curado.

Então os discípulos aproximaram-se de Jesus em particular e perguntaram: “Por que não conseguimos expulsá-lo?”

Ele respondeu: “Por causa da sua incredulidade (ἀπιστία apistia – anti-fé). Eu lhes asseguro que se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, dirão a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada lhes será impossível.” (Mateus 17:14-20)

Então, por que estavam os discípulos em um estado de faltar completamente a fé? Afinal de contas, em Mateus 10, vemos que os discípulos tinham curado pessoas e expulsado demônios. Então, o que aconteceu aqui? Acredito que foi por causa do que VIRAM.

Picture 23

Vamos ler a descrição de novo. Ele é epilético e sofre terrivelmente; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água.Imagine ver alguém em convulsão e se contorcendo na frente de você severamente quando você começa a orar por eles para ser curado. Sabemos que, por vezes, precisamos orar por alguns minutos antes de começar a ver resultados.

Então o que acontece? Bem, se nós NÃO permitimos o que vemos nos afetar, então permanecemos na fé. Mas se permitimos que o que vemos nos afeta, então, mais frequentemente do que não começamos a temer (medo de que eles não vão ficar curado, o medo ou o ridículo, o medo de fracasso, medo do homem, etc), o que leva a duvidar, o que leva a descrença ou a perda de toda a fé para a situação.

Jesus deixou claro que eles eram capazes de curar o menino. Eu lhes asseguro que se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, (vocês) dirão a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada lhes será impossível.Mas esta situação era impossível para eles, porque eles estavam em um estado de não ter nenhuma fé, e os seus pensamentos foram desviados de Deus e sua perspectiva foi distorcida (vers. 14).

Jesus usa uma analogia em Marcos 11 semelhante ao que acabamos de ler em Mateus 17:20.

“De manhã, ao passarem, viram a figueira seca desde as raízes. Pedro, lembrando-se, disse a Jesus: “Mestre! Vê! A figueira que amaldiçoaste secou!”Picture 24

Respondeu Jesus: “Tenham fé em Deus. Eu lhes asseguro que se alguém disser a este monte: ‘Levante-se e atire-se no mar’, e não duvidar (διακρίνω diakrinō – lit., “para separar todo ou totalmente” (dia, “dividir em pedaços,” krino, “julgar,” do raiz kri–, que significa “separação”; estar em contradição consigo mesmo, hesitar, dúvidar) em seu coração, mas crer que acontecerá o que diz, assim lhe será feito. Portanto, eu lhes digo: Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá.” (Marcos 11:20-24)


Jesus começa dizendo-nos a ter fé em Deus. O resto da passagem, em seguida, descreve o que a fé em Deus é semelhante a:

  1. Jesus liga pedindo/orando e nos dando um comando, juntos. Em outras palavras, comandando uma montanha para mover é visto como orando e pedindo a Deus, apesar de estarmos falando para a montanha.
  2. Quando damos um comando (como, “seja curado“, “demônio, vai“, “provisão vem“, “luta familiar cessa imediatamente“, etc), é preciso estar convencido de que as coisas que dizemos serão feitas.Picture 25
  3. No meio de provações, mares em fúria, ou montanhas, tudo o que você pedir (e comandar) quando orardes, crede que recebestes (e que o que você está dizendo será feito), e você vai tê-los.”

Portanto, agora que temos explorado todas essas várias passagens, como é que vamos ligar as coisas em conjunto e fazer sentido de tudo isso? Bem, deixe-me compartilhar alguns dos pontos-chave que o nosso Pai colocou no meu coração enquanto eu meditava sobre essas coisas.

Medo : A Raiz de Toda Incredulidade

Picture 26

O MEDO É UM MENTIROSO.

Eu não acredito que o medo é simplesmente uma emoção. Eu acredito que ele é um espírito também. O medo está relacionado com outras emoções e espíritos como preocupação, ansiedade, stress, desespero, desesperança e covardia. O que Deus me mostrou é que o medo é o gatilho para a dúvida, o que leva à deflação da fé. Portanto, se é que podemos vencer o medo, podemos manter a fé.

Então, como vamos resistir o medo e mantê-lo a uma distança segura?

1. Nós percebemos que somos filhos de Deus e que Seu Espírito habita em nós. Percebemos nosso direito inato (primogenitura, patrimônio, herança), nossa filiação, a nossa autoridade, nosso domínio. Tornamo-nos cientes de que temos sido enviados em uma missão para libertar os cativos, para pisotear sobre serpentes e escorpiões.

Picture 27Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe, Eunice, e estou convencido de que também habita em você. Por essa razão, torno a lembrar-lhe que mantenha viva a chama do dom de Deus [que é o Espirito Santo] que está em você mediante a imposição das minhas mãos.Pois o Espírito que Deus nos deu não é espírito de covardia, mas de poder, de amor e de uma mente sã. 2 Timóteo 1:5-7

Portanto, irmãos, estamos em dívida, não para com a carne, para vivermos sujeitos a ela. Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: “Aba, Pai”. O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus…  Romanos 8:12-16

Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio”.  João 20:21


2.  Não podemos permitir que o que vemos no mundo natural nos afete. Precisamos ver além das circunstâncias e julgamentos e focar nEle. Em todo tempo, devemos ter o coração focado em Jesus Cristo. Quando Pedro fixou seus olhos em Jesus, ele foi capaz de andar sobre as águas turbulentas. O que vemos ou sentimos não determina o que é verdade. Nossos olhos e nossas emoções irão nos enganar e podem nos trair.

Picture 28

“Porque andamos por fé, e não por vista.”  2 Cor 5:7

[Deus] que dá vida aos mortos e chama à existência coisas que não existem, como se existissem. [Considere Abraão]que, contra toda esperança, em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, como foi dito a seu respeito: “Assim será a sua descendência”. Sem se enfraquecer na fé, reconheceu que o seu corpo já estava sem vitalidade, pois já contava cerca de cem anos de idade, e que também o ventre de Sara já estava sem vigor. Mesmo assim não duvidou nem vacilou por incredulidade em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus, estando plenamente convencido de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazerEm conseqüência, “isso lhe foi creditado como justiça”. Rom 4:17-22

3.  Nós praticamos a permanecer em repouso e paz de Jesus Cristo. Nosso foco e atenção deve ser sobre Ele em todos os momentos.

“Você vai mantê-lo em perfeita paz,

Cuja mente está firme em ti;

Porque ele confia em ti.

Confie no Senhor para sempre,

Pois em JAH, o Senhor, está a força eterna.” Isaías 26:3-4

“No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor.” 1 João 4:18

Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve. Mateus 11:28-30

“Porque, se Josué lhes houvesse dado descanso, não teria falado depois disso de outro dia. Portanto resta ainda um repouso sabático para o povo de Deus. Pois aquele que entrou no descanso de Deus, esse também descansou de suas obras, assim como Deus das suas. Ora, ã vista disso, procuremos diligentemente entrar naquele descanso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência.” Hebreus 4:8-11

4. Comande o medo que deixa você e sua casa. Nem todo pensamento ou emoção que você tem é o seu. Portanto, se ele não se alinha com o que vem de Deus (vida, amor, alegria, paz, saúde, etc), ou que Deus diz sobre você (você é forte, fiel, amado, corajoso, vitorioso, em paz, em repouso, etc), em seguida, levá-lo em cativeiro e comandá-lo ir. A batalha está em sua mente. Se você não resistir, o medo pode e vai dominá-lo. Em seguida, todos os seus pensamentos, emoções e ações serão orientados por medo e não orientados por . Satanás vai tentar controlá-lo através do medo. Resisti-lhe, e ele fugirá.Picture 29“Pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas;derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento ã obediência a Cristo…” 2 Cor 10:4-5

5.  Deixe o seu barco afundar. Qualquer coisa que NÃO SEJA Jesus Cristo na qual você coloque a sua esperança, identidade, confiança e segurança vai afundar com você nela. Jesus dormia no barco porque a sua esperança não estava no barco, mas em Deus. Se sua saúde está falhando, então não coloque a sua esperança no médico. Se os credores estão chamando e você não pode pagar-lhes, então, não deixe que a sua identidade e segurança sejam embrulhadas na sua circunstância financeira. Se você está tentando encontrar trabalho e não pode, em seguida, não deixe que sua auto-estima seja embrulhada nessa situação.

Qual é o seu barco? Você tem medo de perder o controle sobre alguma coisa? Deixa para lá: “Então Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. 25 Pois quem quiser salvar a sua vida[a], a perderá, mas quem perder a sua vida por minha causa, a encontrará.Mateus 16:24-25

A nossa confiança, a nossa esperança, a nossa segurança, e a nossa identidade DEVEM estar em todos os momentos, em todas as circunstâncias, plenamente ancoradas em Jesus Cristo. NÓS devemos sempre perceber que somos filhos de Deus, feitos à Sua imagem, cheios de Seu Espírito. Precisamos olhar para além da circunstância e vê-Lo, e crer que Ele nos ajudará a vencer em devido tempo, de uma forma ou de outra.

Toda vez que você começa a duvidar, a preocupar, ou sentir-se ansioso, geralmente é porque o medo já começou a atacar tua mente, querendo se estabelecer no teu raciocínio, tendo planos serios para construir fortalezas de argumentos e erguer baluartes de pretenções nos teus pensamentos. É por isso que temos de estar vigilantes contra ele. Tanto no Antigo Testamento e o Novo, vemos que Deus colocou uma grande ênfase sobre isso:

 “Seja forte e corajoso, porque você conduzirá este povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados. Somente seja forte e muito corajoso! …

Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. Josue 1:6-7, 9

“Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? … Mas buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo.” Mateus 6:31-34

Com o medo, a dúvida, a preocupação e a incredulidade sob os nossos pés, podemos agora concentrar-nos em Cristo enquanto nós descansamos nele e ficamos em paz nele. Claro, não podemos descartar o fato de que ainda estamos diante de uma tribulação. Seria tolice não reconhecê-lo, uma vez que não temos nenhum registro de Jesus fazendo tal coisa. Na verdade, ele tanto reconheceu o problema como tambem forneceu a solução em cada milagre que ele realizou.

Então, como vamos lidar com as dificuldades que podemos estar enfrentando?

Picture 301. “Por isso eu lhes digo que tudo quanto vocês pedirem (e comandarem) em oração, acreditem que já receberam (e que o que vocês estão dizendo será feito) e será de vocês.” Marcos 11:24

Nossas palavras têm o poder de vida e de morte. Devemos colocá-las para uso. Comece falando com montanhas (doença, dívida, desemprego, perseguições, conflitos familiares, etc.) e comandá-los a sair. Faça isso várias vezes ao dia, todos os dias, até que aconteça. Eu não estou dizendo para não pedir a Deus pelas coisas. Você certamente deve. Mas entenda que você tem um papel a desempenhar, e que muitas vezes Ele vai mover ‘atravez de’ você em vez depara’ você (ou seja Ele não vai mover independiente de você).

2. “Deus dá vida aos mortos e chama as coisas que não existem como se já fossemRom 4:17. Você precisa ver com os olhos do seu coração (Ef 1:18) aquilo que você está chamando à existência antes de isso se materializar. Em outras palavras, você precisa visualizar o que você precisa. Se é um trabalho, se veja trabalhando lá. Se é uma cura, veja a pessoa curada. Se é dinheiro, veja o cheque na sua mão com a quantidade necessária. Enquanto oramos e meditamos no Espírito, podemos despertar a nossa imaginação, de modo que possamos ver a vitória e o avanço que precisamos. Já que Deus está nos nossos pensamentos, podemos dialogar com Ele e agradecer a Ele como se nos já temos recebido aquilo que vemos na nossa mente.

Picture 31Nossos sonhos e pensamentos são extremamente significativos. Considere o seguinte: Deus fez uma aliança com Abraão, Isaac e Jacó através de visões e sonhos. Deus fez sua aliança com Salomão em um sonho. Deus confirmou a Pedro que o Evangelho era para ambos judeus e gentios num devaneio. E confira a história de Jacó em Gênesis 30:25-43 para ver como o conceito de visualização e imaginação tiveram ressultado na sua vida.

3. Dê graças pelo avanço; veja-se e sinta-se tendo esse avanço na sua posse em seus pensamentos e sonhos. Louve a Deus pela vitória, celebrá-lo. Temos de aprender a orar de um lugar de vitória, do céu para a terra, em vez de desesperança e derrota a medida que nós nos esforçamos da terra para o céu.Picture 32Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”  Filipenses 4:6-7

Por que Paulo adicionaría ação de graças”? Porque devemos estar convencidos de que vamos receber o que precisamos. Quando você dizobrigado’, é porque você o tem – mesmo se você não viu ainda. Olhe para estes exemplos:

“[Abraão] não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus,estando plenamente convencido de que Ele era poderoso para cumprir o que havia prometido.” Rom 4:20-21

“Por isso eu lhes digo que tudo quanto vocês pedirem (e comandarem) em oração, creiam que já o receberam (e que o que vocês estão dizendo será feito) e assim lhes sucederá. Marcos 11:24

Isto não é fácil. Mas isso pode ser aprendido e desenvolvido ao longo do tempo.

4. Repita os pontos 1 a 3. Eu não estou sendo sarcástico. Na verdade, a consistência é o que eu acredito ser um dos grandes fatores para determinar se ou não vemos avanço. É fácil de fazer isso por alguns dias ou semanas – mas o que dizer de meses ou anos? Continue falando com a situação e pedindo a Deus para ajudar, continue vendo o que você precisa e imagine-se na posse do mesmo, e dê graças todos os dias como se você recebeu.

Escrevo isto durante uma das maiores provações em minha vida. Há dias em que notícias ruins batem duro e tudo o que eu quero fazer é jogar a toalha ou me-enrolar em uma bola e chorar. Mas, felizmente, Cristo me ajudou a aprender a apresentar as minhas emoções ao Espírito. E uma vez eu faço isso, começo a ver mais claro. Isso geralmente acontece quando eu me afasto da situação e me tranco no meu escritório, sala ou banheiro.Picture 33Isso me dá o espaço que preciso para me-concentrar em Cristo. Eu concentro a minha atenção em Sua presença e começo a agradecer a Ele por tudo o que eu posso pensar Que eu tenho a liberdade de culto; que eu vivo numa terra de oportunidades; que não estamos em guerra; que eu tenho crianças e uma esposa maravilhosa; que eu O conheço a Ele; que Ele escolheu para ser morto desde antes da fundação do mundo; que estamos bem alimentados e temos roupas decentes; que eu tenho um veículo; que eu tenho bom saúde; que não estamos em risco de perseguição; etc. Então eu começo a orar pelos outros, especialmente aqueles que estão precisando. E eu começo a pedir a Deus o que é que eu posso fazer por Ele hoje; como posso avançar Seu reino hoje.

Acho que é especialmente importante para ter acesso a testemunhos de pessoas que vivenciaram grande avanço na área que você está precisando. Se é a cura, ou provisão financeira, ou a conversão de um ente querido, etc, obtenha algum testemunho de avançe naquilo. Tenho arquivos de áudio e vídeos do YouTube de testemunhos específicos para a minha necessidade atual a disposição, e costumo assistir/ouvir a cada dois dias (às vezes várias vezes em um dia, se eu estou me sentindo especialmente para baixo), a fim de me lembrar do fato de que Deus sim é fiel e Ele cumpre Suas promessas. Não importa que você já ouviu isso uma ou duas vezes. O testemunho estimula a sua fé e irá ressoar com o Espírito de Deus em você. Isso ajuda a manter o tanque cheio para que você possa seguir em frente na firmeza, tenacidade, perseverança, e constância.Picture 34

Às vezes, o milagre que precisamos vem por decreto e comando. Outras vezes ele vem em estações e na hora 23 (ou seja, quando achamos o último momento possível). Eu não sei por que, mas isso parece ser do jeito que é. Talvez isso irá mudar à medida que ganhamos mais conhecimento e revelação nas coisas do Reino. Mas, por enquanto, isso é tudo que eu tenho para compartilhar.

É isso aí. Eu tentei ser o mais breve possível. Leia as Escrituras e permita que o Espírito de Deus lhe guia em mais verdade e revelação. Eu ainda não conheço nem entendo tudo. Eu sou apenas um cara nas trincheiras falando sobre o como que tem sido minha experiência, o que funcionou e o que não tem funcionado.

Que Deus lhe dê esperança e força durante o seu tempo de dificuldades. E peço que a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.Fl 4:7Picture 35

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s